Morena casada e tarada fudendo com vontade - 23 seg

Categoria:

Tag:

105 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (6 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Fui dirigindo e quando entramos na auto-pista, ele me começou a dizer coisas que me deixaram doido de tesão, falou que desde o dia que me conheceu, ficou com uma vontade enorme de transar comigo e aí, eu que sempre tive uma fantasia de entrar em um motel com um policial, propus a ele, que fossemos agora, pois ele ainda tinha umas tres horas até iniciar seu plantão e ele topou na hora, pois já estava escurecendo e na portaria do motel não iria ter problema. -Lari, que tal irmos para um lugar mais reservado?"Salve tarados e taradas dessa página.

Ela era uma morena de seios grandes, apesar de ser magra.

se existe alguma casada e vadia como eu em jf me mande email ou telefone pois acho que so eu sou exibicionista neste mundo bjs te mais. Então voltou a beijar-me a boca e desta vez enfiando-me a língua. ele comeu o cu de Raimundo, mainha descobriu, deu uma cossa em Raimundo e foi entregar Bené ao nosso tio, nosso tio quase mata Bené na pancada, nisso nossa tia mãe de Bené pra se vingar do marido deu a buceta a painho, escondido de Laura claro, eu e Raimundo pegamos os dois fudendo, fiz Raimundo me comer gostoso o viado do Fernando viu a gente invés de me comer preferiu contar a Bené que brigou com Raimundo e não quer mais comer ele porque ele me come, aí socou no cu de Fernando que virou a mulherzinha dele.

,""Olá, o que passo a narrar aconteceu no final do ano passado (2015), vou preservar alguns detalhes em função de ambos sermos casados, ela é a Keyla, loira, 1,75m, olhos castanhos, um par de seios deliciosos, coxas grossas e uma bunda que me deixa louco, Eu sou o Luis, 36 anos, 1,77m, 75kgs, cabelos escuros e curtos, olhos castanho e dote normal, e nós dois adoramos sexo, de forma que sempre que estamos juntos aproveitamos qualquer tempo e lugar para nos curtirmos e nos proporcionarmos prazer.

Quando ele notou que o tinha visto ele saiu de trás da árvore e ficou me exibindo seu pau, que não era muito grande mas que estava duríssimo, apontando pro céu. Certa ocasião, comecei a descrever um episódio que aconteceu, de fato, e que eu fiquei tão atônito que não levei a questão a frente, mas fiquei com aquilo na cabeça.

Ver Informações