Gostosa safada short socado no rabo - 1 min 33 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

69 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

– Para…me solta!– Humm que bunda gostosa! Parece de menina falava esfregando em mim. Só então abri os olhos e vi meu maridinho com os dedos socados na minha bucetinha.

eu estava quase gozando dentro do carro , às vezes vendo o que acontecia e às vezes só imaginando, quando ela se escondia por trás das prateleiras da loja ,e ele quase sempre andando atrás dela como um cachorrinho , ele mais uma vez falou algo pra ela , chegando bem próximo do ouvido dela , ela então fez sinal que sim e foram pro outro lado da loja no setor de cosméticos , ele foi pra dentro de outro balcão ficaram conversando um pouco , às vezes ela ria e ele falando sei lá o quê pra minha safada , devia estar falando algo que ela gostava muito pois foram mais de 20 minutos assim , e eu com o pau pra fora da calça pensando bobagem e muita safadeza , quando ele foi atrás de uma grande prateleira cheia de coisas e ela foi também , parecendo que procurava algo e ficaram alguns segundos lá atrás , aí não vi nada mas fiquei intrigado , será o que rolava lá atrás?Depois de um tempinho eles vieram pra frente da loja , ela na frente e ele atrás olhando diretamente pra bunda dela sem despistar , devia estar vendo aquela bunda gostosa se mexendo muito no vestidinho fino que ela usava , ele arrumou os produtos , fez as contas e ela pagou olhando diretamente pros olhos dele , parece que ele ficou meio tenso ou sei lá e morrendo de tesão , voltou o troco e ela saiu , dando um tchauzinho e olhando pra trás , entrou no carro e saímos ,quando ela falou :“Mas o que é isso ? pra que esse pau duro pra fora da calça seu Corninho safado???” Falei: você quase me mata de tesão , se mostrando pro rapaz daquele jeito e olha no que dá , não tem CORNO que aguente sem bater uma , quero que me conte tudo o que vocês conversaram lá dentro safadona. Estava de bobeira em casa uma certa tarde de chuva, sem nada para fazer e para completar a luz havia acabado, quando meu amigo o coroa de outros contos, me ligou perguntando se eu estava em casa e se poderia falar com ele na portaria, disse que sim e fui espera-lo, quando ele chegou estava trazendo seu PC para eu dar uma olhada pois estava lento, quando me viu, só de shorte de nylon, aqueles que a cueca é junto, e sem camisa, ele esqueceu o que tinha ido fazer e pediu para eu entrar no carro, dizendo que já estava com tesão só de olhar para mim, entrei no carona e como ele havia estacionado bem em baixo de uma amendoeira onde não dava para ninguém nos ver, eu sentei e fiz de uma forma que ele pudesse ver que estou sem cuecas, o coroa ficou tarado, colocou minha mão por cima de sua calça para sentir a pressão do caralho, falei que devia estar cheio de leite a ponto de explodir, ele então pediu para eu fechar a porta que nós iriamos dar uma volta até o Aeroporto, que ele sabia de um caminho que muita gente não sabe, ele então foi na direção do aeroporto e entro numa rua bem estreita que dava para o matagal, colocou o pau para fota e pediu para eu pegar, então eu apertei, alisei e fui me abaixando dando beijos e lambidas na cabeça do seu caralho, e fui colocando por inteiro na boca só ouvindo seus gemidos!"Para quem ainda não leu meu outro conto “Comi a Mulher do Meu Amigo”, sugiro que leia antes, pois esse é uma continuação.

Ver Informações