Comedor roçando gostoso na esposa - 2 min

Categoria:

Tag:

61 visualizações

vote:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Falei que era bonita também e que parecia ser pesada para carregar, ele riu e perguntou se eu queria segurar para sentir o peso, estiquei a mão e segurei, apertei e abri a mão com ela latejando na minha palma, na hora exalou um perfume de sexo gostoso, e não me contive e falei que ela estava perfeita para crescer na boca, ele se levantou ficou em pé na minha lateral e deixou sua bengala bem do lado do meu rosto, engoli a saliva para ele não sentir a língua quente do café e dei um beijo na cabeça, ele falou para não demorar pois não iria dar tempo de colocar ele todo na boca, abri bem a boca e fui sugando seu pau para dentro, ele gemia dizendo que eu era uma putinha gostosa que sabia o que estava fazendo, disse que nunca foi mamado assim com o pau mole, enterrei ele todo na boca, senti sua cabeça bater na minha glote e fiquei sugando passando a língua no sacão, seu pau latejava e dava uns saltos de ereção que quase me fez regurgitar, tirei ele da boca e seu pau duplicou de volume, seu Luiz perguntou o que eu iria fazer agora, falei que a casa não tinha como a gente fazer nada e ele falou que poderíamos ir para a sua casa que eu iria gostar muito, ele colocou o pau para dentro da sunga e eu levantei da cadeira com as pernas bambas, já havia dado o pontapé inicial para a loucura com o vizinho do meu amigo, mas ao chegar no portão estavam chegando o irmão do seu Luiz com a cunhada, ele ficou ainda dentro do meu portão para eles não desconfiarem do seu pau duro, conversou com seu irmão que foi logo entrando em sua casa, ele virou pra mim e perguntou onde eu iria dormir, falei que iria arrumar um canto e que dormiria até na cadeira de praia, ele então falou que tinha um quarto extra e que eu não precisaria dormir desconfortável. E puxei a calcinha pra baixo e disse beija a boceta e depois do beijo obedeci e fui e foi legal ir pra tal rua nesta tal praça e atrás de arvores e me esconde e beijar o pau do meu comedor e o punhetar e em pé mesmo encostada à árvore pus a calcinha de lado e abri as pernas e senti a gozada quente na boceta e como esposa exemplar gozei no pau do cara e fiquei despreocupada o meu marido em casa pensando no que a esposa faz.

E achei uma pegadora, ( mulher quer foder a sua mulher na sua frente), achei, liguei e marcamos pro dia seguinte,Na hora marcada ela chegou, Marcia , baixinha ,coxuda, seios pequenos e firmes ,bunduda e de cintura fina como a AnaTomamos umas cervejas e acertamos os termos, eu só comeria a Ana mas a Marcia tinha liberdade pro que quisesse, fomos pro quarto e de pronto tiramos as roupas,sentei nu numa cadeira e fiquei punhetando assistindo as duas de calcinha na minha cama, a Marcia começou a acariciar a Ana que estava ainda meio tímida com a nova experiência mas começou logo a se soltar,um beijo molhado e quente abriu as portas do tezão, sem muito esperar uma tirou a calcinha da outra bem devagar a Ana ficou deitada enquanto a Marcia beijava o corpo gostoso de minha gata, beijava seus firmes seios com delicadeza mas com vontade a Ana se contorcia de tezão sentindo seus dedos deslizarem por sua boceta melada, olhava admirado aquelas duas bundas gostosas se contorcendo na minha frente quando a Marcia caiu de boca na buceta do meu amor, um gemido mais forte de prazer se ouviu meu amor me olhou e me chamou, dei minha pica pra ela mamar gostoso como sempre faz enquanto ela era chupada na buceta pela Marcia, Marcia pegou minha mão e pos em sua buceta e enfiei meus dedos na puta que gemia , fui mamar a buceta da minha gata e a Marcia foi me mamar e punhetar , o que era pra ser só as duas virou um ménage , Ana sentou na minha pica e a Marcia na minha cara e as duas se beijavam e bolinavam os seios uma da outra enquanto eu fodia uma e chupava a outra, trocamos de posição de novo, deitado na cama com as duas me chupando e elas com as pernas entrelaçadas roçando as bucetas, que delicia viver isso, fui conduzindo e colequei as duas numa delicia de 69 loucura de chupada vigorosa entre as duas , línguas , dedos, e bucetas meladas, e a Ana explodiu, vou gozar, urrou já se derramando num gozo longo e gemido, a Marcia falou enfia esta pica em mim e enfiei, fodia aquela buceta ao mesmo tempo que minha esposa mamava a puta, vez em quando minha gata tirava meu pau da buceta da Marcia e me chupava pra depois por de novo na buceta da vadia, Marcia enfim anunciou seu gozo esporrento, urrou de prazer e se derramou na cara da minha gata, as duas já meio cansadas da pegada que elas se imporam ficaram de quatro na cama lado a lado e olhando pra trás minha Ana disse: vem da tua porra pra gente vem!Meti na minha gata primeiro e meti os dedos na Marcia que estava com a buceta melada e inxada , meus dedos deslizavam na buceta de uma e minha pica na buceta da outra e comecei a revezar, passei a fuder a Marcia e meter os dedos na Ana,Quando achei que já estava chegando ao fim da nossa putaria minha gata olhou pra trás e pediu pra meter na sua bunda, pedido atendido, meti no cuzinho gostoso da minha gata e o dedo no cuzinho da Marcia, algum tempo depois anunciei o gozo, minha gata virou o corpo e começou a me punhetar ate que gozei em seus seios, a Marcia veio e começou a roçar seus seios nos seios da minha gata se lambuzando também da minha porra e lambeu meu pau pra sugar as ultimas gotas de porra, exaustos fomos tomar banho os três e finalizamos a noite com cerveja e bate papo, acho que provavelmente ainda veremos a Marcia outras vezes. Um banho conjunto, com paus e bundas se roçando foi relaxante e excitante ao mesmo tempo.

Ver Informações